6 Milhas Guarapari

Domingueira, véspera de feriado. Acordar cedo porque a prova é em Guarapari e antes da prova ainda tem que pegar o kit e o chip pra correr. Tudo isso no pensamento de sábado à noite, arrumando as coisas pra prova.

Corri em Guarapari esse ano, no desafio de Vitória a Anchieta, mas não tinha participado dessa prova ainda (nos dois anos anteriores não tive como), e pelo que estava vendo no mapa disponibilizado pela organização, ia ter uma subidinha tranquila e o resto praticamente plano. Só estava preocupado com o tempo porque já tinha 2 dias de chuvas direto no Estado.

Mas não é que no domingo, apesar de bem nublado o céu, não estava chovendo? Beleza!! Tomei o meu café normalmente, me arrumei e parti com a Flá pra passar em casa e buscar a minha mãe e depois a Renata. E fomos pra Guarapari num dia nublado!??!, hehe (geralmente a gente vai pra Guarapa em dia de sol pipocando no céu pra pegar uma prainha, e não com possibilidades de chuva, hehe!!).

A corrida tinha largada e chegada marcada para frente da ótica organizadora do envento, no centro de Guarapari, e mesmo eu que sou péssimo para me localizar em locais não muito visitados, não foi difícil de encontrar. Estacionei o carro em uma rua por perto e fomos em busca do kit.

A organização da prova foi legal, mas a entrega dos kits não! Uma bagunça. Um monte de fila sem necessidade. Duas pra pegar o kit e outra (??) pra pegar o chip!?! Por que cargas d’água não colocaram logo o chip no kit?? Vai saber! Só sei que foi uma confusão danada, ainda mais que brasileiro não sabe respeitar fila, nem ordem, nem nada… mas pra não ficar reclamando muito consegui os benditos kits e os chips até que rápido.

Depois do estresse inicial, parei pra olhar e percebi que tinha mais gente correndo do que eu imaginava. E que o tempo continuava perfeito pra correr. Fui fazer meu aquecimento, comprimentei alguns conhecidos, outros nem tanto, e faltando uns 5 minutos pra largada fui me posicionar.

CORRIDA 3ª Corrida 6 Milhas Óticas Guarapari
DISTÂNCIA 6 milhas (9,65 km)
INSCRIÇÃO 20,00 (pelo site Ativo.com)
LOCAL Largada e chegada: Centro de Guarapari em frente à Ótica Guarapari
PERCURSO
KIT 1 camiseta alusiva à prova
1 chip para maração de tempo (tênis)
1 squezze pequeno ou 1 porta objetos

A PROVA

Dessa vez resolvi largar o mais na frente possível. Não tinha plano ou objetivo nenhum pra essa prova (tempo, descanso, treino, recorde… nada!), mas não queria ter que ficar passando um monte de gente lerda na largada, como normalmente acontece aqui no estado. E o pior é que antes da largada ainda tive que ouvir uma mulher, espremida lá na frente, reclamando dos homens que “são cavalos que nos atropelam”. Mas ela foi respondida no ato por um senhor que disse que se não quer ser atropelada, larga lá atrás, a não ser que seja realmente corredora. Só sei que ela abaixou a cabeça e começou a andar pra trás. E realmente, quando olhei, percebi um monte de gente que não tem que estar ali na frente, sabe? Tinha uma senhora de uns 65 anos lá na frente!! O que ela tá querendo ali?? Largada por baias e ritmo deveria ser padrão nas provas não? Mas com certeza, no Brasil, não ia funcionar… se já não respeitam nem uma fila, imagina uma largada separada por tempos…

Bem, largada com 5 minutos de atraso, pra variar… tomei meu sache de carboidrato um pouco antes e parti! Como disse não tinha intenção nenhuma para a prova, mas queria passar logo os que atrapalham. E foi o que fiz! Engatei um bom ritmo logo no primeiro quilômetro e fui em frente passando um monte de senhores, senhoras, e não tão senhoras assim (isso realmente me irrita!!) Tem gente que larga e depois de 15 metros começa a caminhar!!! Vontade de atropelar como um cavalo mesmo. Respirei fundo e fui atrás do meu objetivo… e não é que aquela senhora que vi na frente estava correndo que nem uma maluca?? Sério, nunca vi isso… estava num pace abaixo de 4 min/km e aquela senhora na altura dos 600 m estava correndo como uma louca, tipo… sprintando mesmo!! E todo mundo olhando e não acreditando naquilo, quem corria e quem torcia!! Claro que ela não ia aguentar aquele ritmo louco durante a prova, mas me pergunto: pra que isso?? Sério, foi tão surreal que fiquei com medo da senhora infartar logo na frente! Quando passamos pela marca do 1° km (que bateu direitinho com meu Garmin), ela já não estava mais correndo com a gente…

O primeiro quilômetro e meio foi dentro da cidade, com pequenas subidas e muitas curvas e logo estavamos na orla. E sem vento contra, pensei… na volta vamos dar de cara no vento, então não vou abusar. Diminui o ritmo pra algo em torno de 4:30 min/km e me mantive assim. Como a via estava fechada para os corredores, espaço era o que não faltava. Passei pelo primeiro posto de hidratação mas só peguei o copo não bebendo de imediato. Como tenho costume de me hidratar nos treinos de 20-20 minutos, resolvi fazer o mesmo. Quando vi a subidinha e percebendo que estava chegando perto do 4,5 km onde teria o retorno, aí sim me hidratei e joguei a água no resto do corpo. Assim que comecei a subida, o primeiro lugar já vinha no sentindo contrário a mil por hora, e o segundo logo atrás, cerca de 10”. Pensei na hora: até que não tô mal, porque já tô quase virando também, hehe.

Uma das gratas surpresas da prova foi a presença de um tapete bem na curva de retorno da corrida. Por que grata? Simplesmente porque aqui no Estado, as corridas tem a mania de não ter um tapete em pontos estratégicos e muita gente, mas muita gente mesmo, corta caminho (como aconteceu na 3ª Meia Maratona de Vitória). E na hora do contorno fiz um comentário pro pessoal da organização falando que era a posição ideal do tapete! Só que o cara entendeu tudo errado e começou a falar gracinha comigo… pedi desculpa e falei que estava elogiando… aí um outro corredor, do meu lado me fala: capixaba não sabe receber elogios não!! Bem, fazer o que não?

Mantive um bom ritmo, principalmente porque o vento contra não aconteceu, e percebi que estava correndo junto a dois caras que mantinham a mesma batida, mas um deles, um senhor na casa de 40-45 anos, toda vez que eu chegava ombro a ombro com ele, ele acelerava o ritmo pra ficar na frente. Pensei: isso não vai dar certo pra ele não… uma hora ele cansa. Mas me mantive no meu ritmo o tempo todo. Passei no 7 e 8 km e percebi que estava passando com o melhor tempo que já tinha feito nessas marcas, e pensei em apertar logo, quem sabe não melhorar meu tempo? Mas como não era o objetivo (aliás, como disse, não tinha nenhum mesmo) me mantive na passada estabelecida até o 9 km. Nessa hora o senhor já não estava nem mais comigo, tendo ficado pra trás uns 500 m antes. Então resolvi apertar o passo até a linha de chegada. O corpo já estava cansado, mas como tenho treinado algumas vezes com desconforto, foi mais fácil transferir isso pra prova. E consegui chegar forte, fazendo esses 500-600 metros finais com um pace de 3:45 min/km.

Como cheguei forte, não parei de imediato… fiquei dando uns pulos, e trotando, tentando abaixar a minha frequência cardíaca de forma mais gradual possível. Vi um monte de gente chegando depois passando mal e vomitando (com certeza, por causa do tempo favorável, nego sentou a bota pra melhorar o tempo, hehe). Depois parei pra tirar uma foto, pois a Flá estava logo na linha de chegada.

Depois fiquei aguardando com a Flá a chegada da minha mãe, que correu num ritmo onde ela não sentiu desconforto nos pés. Chegou inteirona e toda molhada, hehe! Grande coroa.

INSCRIÇÃO Bom valor para as corridas aqui do estado
KIT DO CORREDOR Dentro do esperado, com uma camiseta bonita.
PERCURSO Percurso em quase sua totalidade plano, onde os 1,5 kms inicias e finais são dentro da cidade, com um pouco de trânsito. O restante é à beira-mar, em asfalto com ótimas condições. O que atrapalha é a falta de respeito de alguns motoristas.
Percurso de ida e volta.
HIDRATAÇÃO Postos de hidratação em bom número, com água gelada apenas no local da largada/chegada. Muita gente da organização entregando água.
LANCHE PÓS CORRIDA Lanche normal com um suco, uma barra de cereal e uma fruta (maça). Nada de isotônico.
APOIO Prova com bom apoio da polícia, muita gente da organização nos postos de hidratação e largada/chegada. Falhou somente na distribuição do kit antes da prova. Poderia ter sido mais organizado! (mas mais uma vez culpo mais os corredores – brasileiro não sabe respeitar a ordem das coisas, quanto mais de uma fila!!!)
MEDALHA Boa, de metal, bonita!!
AVALIAÇÃO DA PROVA Prova muito boa, rápida, com uma boa organização, apesar de alguns pequenos defeitos comuns a todas as provas aqui do estado. Importante salientar que o tempo ajudou bastante.
MINHA PARTICIPAÇÃO

RESULTADO

O que era pra ser uma prova sem objetivo algum saiu melhor do que o esperado, com um tempo muito bom. Passei com meu melhor tempo nos 7 e 8 kms, mais ainda insuficiente para um 10 k sub-40.

Só não estou totalmente contente, porque o resultado já saiu, mas cadê o meu nome?? Cadê o meu tempo?? Pois é… acho que o chip não pegou a minha chegada não!! No Garmin estou com o tempo de 40:46, e na foto que a Flá tirou 40:53!! Vendo a colocação, ficaria em 100º entre 450 homens, e em 20º na categoria, com 60.

minha_chegada

A foto está um pouco embaçada em mim, mas no tempo não!! Olha o reloginho lá atrás, perto do Michel!!

Bem, mandei um e-mail para a chiptiming e vamos ver o que eles me respondem.

Deixo agora o álbum de fotos, e bons treinos galera!! Abraços a todos.

9 comentários:

Antonio C R Colucci disse...

Boa Léo!
Tá correndo muito!
Parabéns.
E Piarabéns pra Mamãe corredora tbm. #aisim
O cansado aqui pergunta: 6 milhas = 10km?
Abraço
Colucci
@antoniocolucci

Fábio Namiuti disse...

Grande Leo! Bela prova e belo relato, parabéns por ambos. Quando fui para as Dez Milhas Garoto em 2008, pretendia conhecer Guarapari, mas acabou não dando certo, espero que isso aconteça em outra oportunidade.

Impressionante a burocracia gratuita, hein? Se já não dá pra entender muito esse papo de entregar kit em um dia e chip no outro, imagina então no mesmo dia, mas em filas separadas (!). Pra que facilitar, se podem dificultar, né?

Tomara que o pessoal da cronometragem corrija a falha e ratifique essa sua excelente marca. Já tive problemas desse tipo (como quase todo corredor, aliás) e sei o quanto é chato.

Abraço e boas corridas!

Fábio

Leonardo Nista disse...

Fala Léo!!

Parabens pela prova, pelo post e pela mãe corredora!

Essa camiseta "Sou 10K" já nao tem mais marcação para voce, está quase emplacando um SUB40!!

Show de bola Léo!

Abraço

Leonardo Nista
www.corroporcorrer.com.br

Bruno disse...

Fala Leo!
Parabéns pela corrida e pelo post sobre a prova. Espero que ano que vem, já com o garmin em mãos, consiga chegar próximo a seus tempos!! :P heheheh
Ah, se serve de consolo, não marcaram o tempo da minha namorada também.
Abracao!
Perim

Tiago Antunes [TIAGÃO] disse...

Dae Leo! Parabéns pela prova! Abraço

Tiago Antunes
www.vodoismax.blogspot.com

Fabio e Luciana disse...

Parabens Campeão

Sempre trazendo boas notícias.

Abraços

Fabio

Fabio e Luciana disse...

Leo Bom dia

Estou precisando de um favor

Comprei um Garmin Forerunner 305

Tem como o amigo me orientar para usar.

Abraços

Fabio

Luiz Bittencourt disse...

VALEU LÉO
FICARAM MARAVILHOSAS A SEQUENCIA DE FOTOS E PARABÉNS PELA CORRIDA.
UM FORTE ABRAÇO
LUIZ BITTENCOURT E RENATA

Mariana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.